Tenha Compaixão com as Pessoas Infelizes

Patanjali Yoga Sutras - Nota de Conhecimento 29

Continuação do texto do Patanjali Yoga Sutra

Agora, e as pessoas infelizes? Se você for afável com as pessoas infelizes, o que acontece? Você também fica infeliz. Então ele diz não seja afável com as pessoas infelizes, mas tenha compaixão delas. O segundo bhāva que ele deu é o Karuna. As pessoas que estão sofrendo, tenha empatia, compaixão por elas, mas não se enganche na piedade, porque isso vai arrastá-lo para a infelicidade também. Você é infeliz e elas são infelizes. Você não será útil para ajudá-las a sair disso. Percebe o que estou dizendo?  Se você acha que tem de compartilhar a infelicidade dos seus amigos, então compartilhe. Depois você será capaz de compartilhar sua felicidade com eles? Não é possível. Então, com pessoas infelizes, não seja afável com elas, mas tenha compaixão delas. 

Diferença entre compaixão e piedade

Há uma diferença aí. Você entendeu este ponto? Karuna – compaixão: seja compassivo com elas. Não diga: “Oh pobrezinho, isso não deveria ter acontecido com você”. Sabe, não sabemos como ficar diante das pessoas que estão sofrendo. Nós vamos e fazemos suas opiniões ficarem ainda mais intensas dizendo que Deus é mesmo injusto. “A Natureza tem sido tão impiedosa com você. Por que você está sofrendo”? “Pobrezinho”! Arrastamos essas pessoas ainda mais para baixo. Fazemos isso inconscientemente, porque achamos que elas são nossas grandes amigas. Não. As pessoas que estão sofrendo, não tenha pena delas. Veja, há uma diferença entre compaixão e piedade. Na piedade, você não está levantando essas pessoas. Está abatendo-as ainda mais e a maioria das pessoas faz isso. Elas tornam a opinião da pessoa (que está sofrendo) mais concreta (sobre sua tristeza) seja qual for a lógica limitada de sua relativa existência. Você está entendendo o que estou dizendo? “Oh, que grande injustiça me fizeram”. Elas estão infelizes, estão numa viagem de autopiedade e você chega e diz: “Oh, coitadinho (a)! Você está tão infeliz. Isso não devia ter acontecido com você”. Então a pessoa pensa: “Sim, veja como estou sofrendo”. Você não as ajuda de modo algum a despertar para a Verdade.

Isso não é nada. Muitas pessoas estão sofrendo ainda mais. Percebe isso? Não estou dizendo para você ir dizer a elas: “O seu sofrimento não é nada. Tem muitas pessoas que estão sofrendo ainda mais”. Você vai despertar a raiva nelas. Tenha compaixão pelas pessoas que estão sofrendo e não piedade.

<< (28) Quatro tipos de pessoas

(30) Como lidar com pessoas engajadas em trabalhos bons que tem mérito? >>

 

 

(Este texto é parte da série de notas de conhecimento baseadas nos comentários de Sri Sri Ravi Shankar sobre os Patanjali Yoga Sutras)