Perguntas Frequentes sobre a Arte de Viver

 
P: Quais são os objetivos da Arte de Viver?
Construir uma sociedade livre de estresse e violência e inspirar pessoas de todos os setores, religiões e culturas a se unirem em celebração, meditação e serviço. Para atingir esses objetivos, nós oferecemos cursos e projetos sociais para eliminar o estresse da mente e a violência da sociedade. Prevenir é mais fácil que curar: pessoas pacíficas não colaboram com conflitos, sejam eles individuais ou sociais. Se uma pessoa é materialmente pobre ou sofre com os efeitos de guerras ou desastres naturais, seu estresse estará relacionado com isso. Para esses casos, a Arte de Viver oferece assistência material e programas para alívio do trauma. Dê uma olhada nos artigos sobre as atividades humanitárias após o Tsunami e a Guerra do Kosovo. Nós também oferecemos programas de educação e qualificação, nos quais as pessoas podem sair do ciclo de pobreza. Por outro lado, aqueles que não tem problemas materiais também podem estar frustrados, deprimidos ou simplesmente desejando crescer espiritualmente na vidas. Nesse caso, o suporte material não é necessário, mas programas como o curso Arte de Viver – Parte 1. Esses cursos são para qualquer pessoa que queira aprender técnicas de respiração para liberar as tensões, e se capacitar para lidar bem com qualquer desafios.
P: Qual é o significado da respiração? Por que ela é tão importante?
A respiração é a conexão entre o corpo, a mente e o espírito. Normalmente, a respiração é uma ação inconsciente, mas através da prática de nossas técnicas, você aprende a dirigir conscientemente sua respiração, trazendo harmonia para seu corpo, mente e espírito. E quando a mente está livre do medo, culpa ou raiva, e está mais centrada, ela pode curar o sistema de qualquer doença.
P: A quanto tempo o curso Arte de Viver Parte 1 é ensinado?
Desde o início da década de 1980. A partir de então, milhões de pessoas de todas as partes do mundo, de diferentes setores, religiões e culturas fizeram o curso.
P: O que é satsang? Eu percebi que a Arte de Viver organiza alguns eventos chamados satsangs onde há muita música e dança, como uma festa. Isso me parece bem divertido, mas qual a relação disso com a liberação do estresse e a promoção dos valores humanos?
Como sabemos, o cerébro humano tem dois hemisférios – o lado direito que é mais conectado com a arte e a intuição e o lado esquerdo, mais conectado com a lógica e o raciocínio. Algumas pessoas são mais lógicas e talvez não gostem muito de música e dança, outras são mais espontâneas e gostam de dançar, mas evitam a lógica e as atividades intelectuais. É importante desenvolver ambos os lados, para que cada um possa florescer por completo, e é isso que o satsang faz. É bastante conhecido que gênios como Einstein não pensavam apenas logicamente, mas também muito intuitivamente, por meio de figuras. Não importa se você não dança ou canta bem – e não fique surpreso se nem todo satsang for um concerto profissional! Participar de um satsang é muito bom de qualquer forma. Num satsang, é possível ter musicas e danças em todas as línguas – do sanskrito ao hebreu, do inglês ao polonês - enfatizando a universalidade de nossa mensagem. Há também um debate sobre conhecimento espiritual, formando um equilíbrio entre atividade intelectual e música. Para saber mais, vá até um de nossos satsangs ou faça um curso perto de você e pergunte ao instrutor.
P: Isto é um curso de auto-desenvolvimento ou alguma coisa espiritual?
Ambos, a base da espiritualidade é simplesmente saber mais sobre nós mesmos. Você verá que o curso da Arte de Viver libera as camadas do stress sem esforço. Você descobrirá as leis secretas que governam a mente e aprenderá a lidar de forma efetiva com as emoções negativas. Adicionalmente, você desfrutará das antigas práticas de yoga, meditação e respirações rítmicas, combinadas em um formato moderno, para nutrir todos os níveis do corpo, da mente e do espírito.
P: Qualquer pessoa pode fazer o curso?
Sim! Os cursos são disponíveis para pessoas de todas as idades, setores, culturas e tradições em todo o mundo. Os cursos não entram em conflito com nenhuma religião pessoal ou prática espiritual. "Nós nos identificamos como alguém que pertence a essa religião, a essa cultura, a essa tradição, mas esquecemos de nossa identidade básica, somos todos seres humanos." - Sri Sri Ravi Shankar
P: Qual a origem dessas técnicas? India? Yoga?
Muitas das técnicas utilizadas em nossos cursos são de fato baseadas na yoga, assim como pode se dizer que o "oriente" em geral tem uma longa tradição nas técnincas para lidar com o estresse. Você pode dizer que as culturas orientais, de alguma maneira, se especializaram no conhecimento sobre o estresse, desenvolimento pessoal e gerenciamento das emoções. O fundador da Arte de Viver, Sri Sri Ravi Shankar, é da Índia, entretanto, as técnicas ensinadas e os valores humanos promovidos são universais. Por exemplo, técnicas de respiração são a chave para liberar o estresse, e todos nós respiramos, mesmo que tenhamos nascido no assim chamado "ocidente" ou no "oriente"!
P: Como eu possso me tornar um membro de sua organização?
Não existe um processo formal para se tornar membro da Arte de Viver. Um membro pode ser qualquer um que queira fazer o curso, ser voluntário (Veja as Perguntas Frequente nº 13) ou fazer doações. Se você quiser participar de uma introdução gratuita sobre nossos cursos, entre em contato com o seu centro local. Caso queira vir para nossos encontros regulares , você precisa primeiro fazer um dos cursos básicos: Curso Arte de Viver – Parte 1 para adultos, ART Excel para crianças, YES! para adolescentes e YES!+ para jovens estudantes e profissionais.
P: Vocês cooperam regularmente com a Associação Internacional para os Valores Humanos. Qual a conexão entre essas duas organizações?
A Arte de Viver tem uma forte cooperação com Associação Internacionail para os Valores Humanos, ambas as organizações foram fundadas por Sri Sri Ravi Shankar. Como organizações irmãs, a cooperação frequentemente ocorre de forma prática com o suporte mútuo em um país onde, por exemplo, a Arte de Viver tem uma grande organização estabelecida ou vice-versa. A Associação Internacional para os Valores Humanos trabalha em cinco áreas principais: desenvolvimento rural e fortalecimento socio-econômico, educação com base em valores humanos, ética nos negócios, gerenciamento de conflitos pelo diálogo, ajuda humanitária e reabilitação/reconstrução pós-desastres. Promover cursos é uma das principais atividades da Arte de Viver, assim a cooperação com os projetos sociais frequentemente se dá com o fornecimento de voluntários e instrutores para os programas de alívio pós-trauma ou de reabilitação. Para mais informações sobre a cooperação de nossas organizações, clique aqui.
P: Como posso ser voluntário dessa organização?
Se você já fez um de nossos cursos básicos, é só fazer o cadastro em nosso website, utilizando o código dado a você por sua organização local e preencher o formulário. Se você ainda não fez um de nossos cursos, entre em contato com um instrutor ou administrador local, e diga que você está interessado em ajudar. Você deve também se inscrever em um curso!
P: Os comunicados da imprensa dizem que as atividades da Arte de viver são baseadas em voluntariado. Por que tantas pessoas querem se voluntariar? O que elas ganham com isso?
A maioria das pessoas que contribuem com nossas atividades são de fato voluntários. Em cada país, existe uma equipe de administração que é empregada, cerca de 10 pessoas por país, o que já é uma organização bem considerável. Por que as pessoas querem se voluntariar? A satisfação de fazer algo para os outros é muito grande. Ajudar ao próximo é um impulso natural, algo que crianças pequenas apresentam, entretanto, muitas vezes, o estresse, o medo e outras emoções negativas bloqueiam esse sentimento. Quando você está mais relaxado e contente o senso de pertencimento pelos outros se torna uma parte de você, e com esse senso de pertencimento as atividades de serviço voluntário se tornam espontâneas.
P: Qual o significado de "seva"? As vezes há comentários sobre isso nos comunicados de imprensa.
"Seva" é uma palavra em sanskrito que significa serviço. O sanskrito é a língua dos antigos mestres de yoga, dos quais as técnicas foram adaptadas para a vida moderna por Sri Sri Ravi Shankar, nos cursos da Arte de Viver. Um dos objetivos principais da Arte de Viver é prover um lugar onde as pessoas possam se unir em celebração e serviço (ou seva), uma organização que acolhe a todos, sendo isso, uma parte de suas iniciativas de paz. Mesmo que nós tenhamos culturas, línguas, costumes ou religiões diferentes, podemos fazer algum trabalho voluntário juntos.
P: No website são mencionados os valores espirituais. Isso não significa que a Arte de Viver é uma organização religiosa?
Não, a Arte de Viver não é uma organização religiosa. Por "valores espirituais" nós queremos dizer valores humanos universais como amizade, generosidade, compaixão, cuidado com o meio ambiente e serviço a humanidade – valores respeitados por todas as nacionalidades e tradições. De fato, um de nossos objetivos é promover os valores espirituais, a despeito de religião, cultura, ou setor social das pessoas que participam, respeitando e não questionando nenhuma religião ou práticas de nossos membros.
P: Como funcionam as finanças? Vocês cobram por alguns de seus programas, como o Curso Arte de Viver Parte 1, e outros como o programa de alívio do trauma são patrocinados pela organização?
Parte do financiamento de nossos esforços sociais vem de doações de caridade, como as tradicionais formas de caridade. Por outro lado, nós também fazemos cursos pagos como o curso Arte de Viver Parte 1 para adultos. Essas pessoas normalmente tem bons empregos, não estão sofrendo de probreza, mas podem, ainda sim, estar buscando desenvolvimento espiritual ou apreender técnicas para ficar livre do estresse e das emoções negativas. As receitas de nossos cursos pagos são utilizadas para nossos programas humanitários. Afinal, todos tem algum desafios em suas vidas, seja rico ou pobre. Como qualquer executivo sabe, gerenciamento do estresse é muito importante, mesmo para os mais bem sucedidos!
P: Qual o perfil da Arte de Viver? É um organização de caridade? Uma organização de treinamento?
As duas coisas. Nós oferecemos uma série de cursos de treinamento assim como temos projetos de caridade de pequeno e grande porte. Na verdade, essas atividades aparentemente diversas tem uma conexão próxima: as receitas dos cursos pagos se destinam as atividades humanitárias para atingirmos nossos objetivos básicos: construir uma sociedade livre de estresse e unir pessoas de diferentes setores em atividades voluntárias e em meditação. Existe uma outra conexão entre as atividades sociais e os cursos de desenvolvimento pessoal. Muitos dos que fazem nossos cursos começam a fazer trabalhos voluntários de diferentes tipos, pois percebem que para realização de seu potencial por completo, nós precisamos cuidar da sociedade, de nosso meio ambiente. Para aqueles que já fizeram os cursos Parte 1 e Parte 2, nós temos um programa especial chamado DSN. Seu objetivo é fazer os indivíduos mais fortes, e assim, habilitá-los a assumir mais responsabilidades, seja no trabalho, na família ou na sociedade. Nossos programas para jovens – para crianças, adolescentes e estudantes/jovens profissionais, inspiram os jovens a participar de atividades voluntárias. A Declaração Universal dos Direitos Humanos elaborada por nosso fundador, Sri Sri Ravi Shankar, inclui o "direito a ter uma vida livre de estresse", não importando se o estresse é causado por um desastre natural, por um trabalho difícil ou por problemas familiares. As técnicas de liberação de estresse aprendidas nos cursos da Arte de Viver são poderosas o suficiente para lidar como o trauma relacionado a situações extremas como desastres naturais, assim, elas efetivamente funcionam para os desafios diários no trabalho e nos relacionamentos! Em algumas situações o estresse resulta de desastres naturais, as vezes é construído pelo próprio individuo, em outras está relacionado a pobreza, ainda, até pessoas saudáveis e bem sucedidas experimentam o estresse, mas para todos esses casos, a Arte de Viver oferece suporte.